:: Curso de Zootecnia ::

O Curso de Zootecnia

Aumentar texto: a a a


O curso visa a formar profissionais éticos que priorizem as relações de interesse social e econômico do mercado de trabalho, buscando sempre a eficiência do setor agropecuário, e aptos a planejar, gerenciar, coordenar, administrar e assistir diferentes sistemas de produção animal e estabelecimentos agroindustriais, com o objetivo de agregar valores e otimizar a utilização dos recursos potencialmente disponí­veis e tecnologias sociais economicamente adaptáveis; atender às demandas da sociedade quanto à excelência na qualidade e segurança dos produtos de origem animal; viabilizar sistemas alternativos de produção animal, bem como a comercialização de seus produtos e subprodutos; pensar os sistemas produtivos de animais contextualizados pela gestão dos recursos humanos e ambientais; criar racionalmente animais, mediante planejamento e pesquisa nas áreas de seleção, melhoramento e nutrição animal, manejo de pastagens, produção de rações balanceadas e planejamento de instalações; atuar como peritos na avaliação de animais, identificando taras e ví­cios e elaborar laudos técnicos e cientí­ficos no seu campo de atuação; avaliar, classificar e tipificar produtos e subprodutos de origem animal, em todos os seus estágios de produção; responder pela implantação e execução de rodeios, exposições, torneios e feiras agropecuárias; julgar, supervisionar e assessorar inscrição de animais em sociedades de registro genealógico, exposições, provas e avaliações funcionais e zootécnicas; realizar estudos de impacto ambiental; desenvolver pesquisas que melhorem as técnicas de criação, transporte, manipulação de abate, visando ao bem-estar animal; atuar nas áreas de difusão, informação e comunicação especializada em zootecnia, esportes agropecuários, lazer e terapias humanas com a utilização de animais; assessorar programas de controle sanitário, higiene, profilaxia e rastreabilidade animal, visando à segurança alimentar humana; responder por programas oficiais e privados em instituições financeiras e de fomento à agropecuária. São, portanto, competências do zootecnista: registro e controle de animais de diferentes raças; supervisão de exposições oficiais, avaliação genética de rebanhos; seleção de animais para formação de rebanhos-matrizes para reprodução; definição de sistemas e técnicas de cruzamentos; desenvolvimento de técnicas de pastagem; bioclimatologia; pesquisa de necessidades nutricionais de rebanhos e adequação de dieta animal; planejamento de instalações para a criação de animais visando ao conforto e funcionalidade; supervisão de vacinação e inseminação de animais.

O exercí­cio de profissão de Zootecnista foi regulamentado pela lei Nº 5550 (04/12/1968) e suas diretrizes curriculares do curso de Graduação homologadas em 17/12/2004.

O curso de Zootecnia da UFLA, foi autorizado em 05/12/1975, através do parecer 4878/75 do Conselho Federal de Educação e, neste 34 anos foi responsável pela formação de aproximadamente 730 discentes, altamente qualificados. Atualmente o tempo necessário para sua formação é de no mí­nimo 8 semestres letivos, com carga horária total de 4.131 horas/aula, para o cumprimento de disciplinas obrigatórias e eletivas, estágio supervisionado ou projeto orientado e de outras atividades acadêmicas.

O Departamento de Zootecnia (DZO) para atender as necessidades do curso dispõe de infra-estrutura básica composta por setores de Avicultura, Bovinocultura de Corte, Bovinocultura de Leite, Cães e Gatos, Caprinocultura, Cunicultura, Ovinocultura, Piscicultura, Suinocultura, Forragicultura e Pastagens, Fábrica de Ração e Laboratório de Nutrição Animal.

Os discentes podem também dedicar-se as atividades de ensino pesquisa e extensão, por meio de monitorias, iniciação cientí­fica, estágios, bolsa atividade, PET e de núcleos de estudos. Atualmente o DZO possui 11 grupos de estudos atuantes, sendo eles: NEFOR (Núcleos de Estudos em Forragicultura), NEPEC (Núcleos de Estudo em Pecuária de Corte, NAQUA (Núcleo de Estudos em Aquicultura), GENAR (Grupo de Estudos em Nutrição e Alimentação de Ruminantes), NECAPRI (Núcleo de Estudos em Caprinocultura), GAO (Grupo de Apoio a Ovinocultura), Grupo do Leite, NECTA (Núcleo de Estudos em Ciência e Tecnologia Aví­cola), NENAC (Núcleo de Estudos em Nutrição de Animais de Companhia), NEQUI (Núcleo de Estudos em Equideocultura) e NESUI (Núcleo de Estudos em Suinocultura), os quais tem proporcionado a participação em atividades de pesquisa, assistência técnica e organização e realização de eventos entre outras, permitindo a integração entre docentes, discentes de graduação e pós-graduação, que atuam nas diferentes áreas do conhecimentos.

O programa de Pós-graduação em Zootecnia também tem contribuí­do para a formação acadêmica dos 31 docentes envolvidos, 25 são bolsistas do CNPq, representando 78% do total, o que além de demonstrar a alta qualidade e competência de seus docentes, tem permitido a aprovação de um grande volume de projetos de pesquisa em órgãos públicos e privados, contando sempre com a participação de discentes de Graduação.

Através de esforços conjuntos de pessoas que fizeram e fazem Zootecnia na UFLA (discentes, técnicos administrativos e docentes), estamos comemorando o ní­vel 5 e o primeiro lugar no Brasil do ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes/ MEC), e as 5 estrelas recebida pelo Guia dos Estudantes em 2008.

Clique nas fotos para ampliar:

Go to top



Departamento de Zootecnia
Universidade Federal de Lavras
TeleFax: 35.3829.1231
Caixa Postal 3037 | CEP 37200-000 | Lavras-MG
Email: dzo@dzo.ufla.br